Nossos problemas

 As semanas passam e os nossos problemas não. Parece um interminável rosário de preocupações. Todos os dias há pepinos para descascar. Abacaxis aparecem a todo momento. A vida é atribulada quem trabalha. Enquanto isso, na capital federal mais suja do mundo eles se dão bem. O trabalhador é torpedeado com mudanças que somente ajudam o capital. O pior é que a sujeira é invisível, é moral. Nas cidades maiores tem de enfrentar o trânsito ou o transporte coletivo, para ir ao trabalho. Voltam cansados homens e mulheres para suas casas. E ainda há afazeres domésticos. Essa rotina nós podemos mudar. Estamos numa fase de sermos protagonistas. Não podemos mais esperar que o Estado brasileiro seja o nosso socorro. Como vamos fazer doravante? A cidadania brasileira é mal exercida, porque não costumamos nos reunir e exigir. É preciso reunir grupos afins. Essa fase da história brasileira precisa ser valorizada. Mais do que isso, progredir para uma nova onda. O Brasil será de todos os brasileiros, se efetivamente quisermos. Os nossos pepinos precisam ser tratados com muita concentração. Não podemos deixar ou fingir que eles não existem. A fuga é a escolha equivocada. Repito: não esperemos pelos governos. Vamos exercitar o pensamento positivo. Isso vai impulsionar a ação positiva. É o exercício da nossa mente, capaz de superar qualquer obstáculo. Sabiam que o maior problema do ser humano é a crença. Não pensem que estou falando em religião. Refiro-me à crença em si mesmo, na sua capacidade de agir positivamente. Muitas vezes não temos tempo de parar e refletir sobre isso. Quando conversamos com alguém geralmente tecemos críticas várias a tudo. E esquecemos o mais importante, que é chegar à raiz do assunto, apontando as soluções. Voltando ao núcleo do tema, o Brasil tem solução, assim como os teus problemas também têm. O país é rico e devemos valorizá-lo cada vez mais. Como vamos fazer isso? Não é fazendo vídeo e mandando para a rede de televisão. A transformação passa pela reforma interna de cada um de nós. A crença de que falei é uma forma de mudança. O segundo passo é acreditar que podemos mudar coletivamente. A única forma de progresso é o coletivo, mas não da coletividade elitista. Caridade e solidariedade devem fazer parte do convívio diário, para que todos possam progredir. O individualismo deve fazer parte do passado. Quando todos nós formos solidários, podemos resolver nossos problemas mais facilmente. Portanto, vamos tomar essa direção em benefício de todos. É um convite à reflexão. O raciocínio é esse. Partimos da reforma interna pessoal, que vai refletir diretamente no coletivo. Dessa forma teremos a melhora geral, seja no interesse individual, seja no coletivo. Parece simples, mas daí para a prática é uma longa jornada. Os brasileiros e brasileiras podem juntos construir outra história. Comecem resolvendo seus próprios problemas. É mais do que um convite: é uma obrigação de cada um de nós. Vivemos em sociedade e tudo que fazemos se reflete diretamente no outro. O coletivo vai ser o propulsor da ajuda para a solução de todos os problemas. Se você tem qualquer problema de solução externa, agora tem a chance. Temos a solução para o teu problema, acredite! A resolução desses problemas passa pela conduta engajada de muitas pessoas. E começa com a orientação de quem pensa melhor. As dívidas são causas de muitas desavenças familiares. É possível solucioná-las. A grande mídia tem mostrado que é calamitosa a situação de grande parte das famílias brasileiras. Tenho sido insistente aqui, porque dívidas são doenças sociais. E muitas vezes causam inúmeras outras doenças de ordem psíquica e física. Nenhuma pessoa é feliz com causas que tiram a sua tranquilidade. As escolhas são nossas. Se fizermos uma boa escolha, bom será o caminho a ser trilhado. Então, é momento de mudarmos a nossa rota. Você, leitor, quer mudar de direção, escolhendo o melhor caminho. Basta querer!

    

Comentários

Horários de Voos

Vôo Empresa Horários Destino (s) Frequência
VCP - PFB Azul 08:45:00 Passo Fundo segunda a sábado
VCP - PFB Azul 17:40:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 23:15:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 20:35:00 Passo Fundo sábados
PFB - VCP Azul 06:00:00 Campinas - SP todos os dias
PFB - VCP Azul 10:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos domingos
PFB - VCP Azul 19:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos sábados
FLN - PFB Azul 16:15:00 Passo Fundo Segundas, sextas e domingos
PFB - FLN Azul 18:20:00 Florianópolis Segundas, sextas e domingos

Matriz

Curta o Diário

(54)3316-4800Passo Fundo

(54)3329-9666Carazinho

  • Passo Fundo: (54) 9905-7864

    Carazinho: (54) 9959-5027