Diário da Manhã | Notícia, Jornal, Rádio, Passo Fundo, Carazinho

TOLERANTES x INTOLERANTES

Estamos nos aproximando de mais uma eleição. Este ano será sumamente importante para o futuro do país. Talvez a eleição que pode mudar os nossos rumos. As ações institucionais para erradicação de vícios sociais estão em andamento. Mas as condutas policiais e jurisdicionais não são suficientes. É preciso que a sociedade se engaje em resgatar os valores morais perdidos. Não haverá polícia capaz de prender tantos, se a sociedade não prestigiar as forças de segurança. É tão palpável essa situação, que há uma legião de defensores dos corruptos. E são muito ativos, capazes de danificar patrimônio público e atacar as instituições que combatem a corrupção. A bandeira da ideologia é levantada e a bandeira nacional é queimada. Será que incendiários dessa espécie sabem exatamente o que estão fazendo? Ou seriam apenas massa de manobra de líderes mal intencionados? O País não precisa de uma guerra civil. Esse acirramento ideológico causará grandes danos à Nação. Para solidificar uma democracia é preciso respeitar a opinião alheia. Quando alguns apresentam uma ideologia, querendo assumir a postura de salvadores do planeta, estamos mais perto da ditadura. O que precisamos é que haja mais trabalho e menos discurso. Todos precisam trabalhar para o país crescer. Na mesma direção crescerão os trabalhadores. Ninguém tem direito de viver às custas do trabalho alheio. As lideranças de determinados movimentos pregam moradia para todos e terra para quem trabalha. É justo que cada um tenha moradia digna. E que todos verdadeiros agricultores tenham a sua terra. Sabemos que tais movimentos não são reivindicatórios, mas apenas pregação e busca de espaço político. A defesa dos trabalhadores é uma grande falsidade. Desde 1998 a Previdência Social brasileira vem sendo reformada. Este ano completaremos 20 ANOS DE REFORMAS DA PREVIDÊNCIA. A pergunta é: era realmente necessário ceifar muitos direitos dos trabalhadores?  Todos os grandes partidos construíram essas reformas. Agora está em vigor a REFORMA TRABALHISTA. Direitos dos trabalhadores, novamente, foram para o espaço. Onde estão os defensores da classe trabalhadora? Fizeram um acordo espúrio com o governo, para que o texto não voltasse para Câmara. O Presidente mandou uma Medida Provisória, para alterar alguns pontos. No entanto, o prazo venceu sem uma votação no Congresso. E agora? Vale o texto repudiado por muitos, o original. Cessam os efeitos da Medida Provisória. Aqueles que procuram espaço político não se importam com você trabalhador. Eles apenas querem os seus espaços e a garantia de privilégios seculares da elite brasileira. OS BANCOS, AS GRANDES CORPORAÇÕES e OS GOVERNOS. Esse triunvirato pode ser chamado do MAL. Os bancos operam o povo brasileiro nas suas finanças. As grandes corporações têm privilégios tributários inacabáveis. E os governos sempre empenhados em aumento de impostos, enquanto o dinheiro público é desviado. Todos debaixo de um imenso guarda-chuva empunhado pelos GOVERNOS. E VOCÊ TRABALHADOR, VAI CONTINUAR SUJEITO A CHUVAS E TROVOADAS. Podemos resumir a política brasileira em duas partes distintas:  os trouxas que votam e os espertos que são votados. Não podemos esquecer, neste ano, de alijar da vida pública os partidos e políticos atuais, detentores de mandato. É a única saída. Essas organizações não defendem o povo, defendem o próprio bolso. É claro que uma quadrilha tem de se organizar. Mas é preciso o aval do povo, para essa legitimação. Esse é o momento histórico de retirar o poder dessa gente. Estamos sendo tolerantes com governos e com ideologias sectárias. E eles são intolerantes com a imensa maioria do povo brasileiro. Caso queiramos ter uma democracia consolidada, teremos que tolerar as ideias dos outros, sem cair na fraqueza das hostilidades verbais ou físicas. Vamos descobrir esse caminho juntos?

Comentários

Horários de Voos

Vôo Empresa Horários Destino (s) Frequência
VCP - PFB Azul 08:45:00 Passo Fundo segunda a sábado
VCP - PFB Azul 17:40:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 23:15:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 20:35:00 Passo Fundo sábados
PFB - VCP Azul 06:00:00 Campinas - SP todos os dias
PFB - VCP Azul 10:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos domingos
PFB - VCP Azul 19:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos sábados
FLN - PFB Azul 16:15:00 Passo Fundo Segundas, sextas e domingos
PFB - FLN Azul 18:20:00 Florianópolis Segundas, sextas e domingos

Matriz

Curta o Diário

(54)3316-4800Passo Fundo

(54)3329-9666Carazinho

  • Passo Fundo: (54) 9905-7864

    Carazinho: (54) 9959-5027