Especial | Erechim 98 anos

Erechim hospitaleira

Erechim hospitaleira
Foto: Sara Rubia Comin / DM

Para o músico Chiquito, a Capital da Amizade é uma cidade acolhedora, boa para fazer amigos, progredir na carreira profissional, formar família e viver

Filho mais novo de oito irmãos, Francisco Desidério Alves Corrêa – o Chiquito, do Grupo Chiquito & Bordoneio – veio para Erechim com 17 anos de idade, logo após ter perdido a mãe. “Foi em 1968, quando vim visitar meu irmão Gildinho, que já estava aqui fazendo programa de rádio e cantando nos bailes na região. Ele gostou tanto da cidade que me convidou pra vir pra cá. Nascemos em Campo Bonito, interior de Soledade, e eu não me via em uma cidade maior. Pra mim Erechim parecia uma capital. Era muita evolução”, comenta.

O músico conta que foi por causa do conselho da irmã mais velha que ele resolveu visitar o irmão em Erechim. “Logo que a mãe faleceu, um amigo da família foi lá em casa para me adotar. Disse que me daria uma colônia de terra, um trator, uma gralha, uma plantadeira, adubo e semente pra eu morar com ele e trabalhar na roça. Fiquei bem feliz, mas a minha irmã mais velha me lembrou que o Gildinho estava aqui em Erechim, e bem. Na época eu era jóquei, tocava gaita e já sabia lidar no campo, mas eu não tinha dinheiro nem para a passagem. Aí ela me deu três cruzeiros novos, vim pra Erechim e fiquei na casa do Gildinho de quinta até segunda-feira. Acompanhei ele tocar no Clube Estrela, e na segunda-feira quando peguei a mala e a gaita pra voltar, apareceu lá na Rádio Erechim o Nédio Coan, dono do mercado Triangulo, pedindo um gaiteiro pra tocar num baile no sábado seguinte no Povoado Coan. O Gildinho disse que eu estava disponível e foi logo pedindo quanto ele pagava. Ele ofereceu 40 cruzeiros novos. Me assustei, me entusiasmei e encarei o desafio”, detalha.

Para Chiquito desde aquele dia ele sentiu que Erechim já era a verdadeira cidade para morar, por sua hospitalidade e pelo apoio que teve do empresário Edson Cervi, das Casas Allegretti, que o patrocinou por longos 18 anos. “Fiquei em Erechim, e logo Gildinho e eu fomos na Escola de Belas Artes, onde me matriculei e comecei a estudar música. Aí começou toda a história. O Gildinho ia para um lado e eu para outro tocar bailes nos finais de semana. Por conta disso, Erechim representa tudo na minha carreira. Devo tudo que conquistei e tenho a essa cidade, pelo apoio que tive, pelos amigos que fiz. Foi aqui que formamos nossas famílias e construímos laços de amizade em várias classes e de diversos segmentos”, reconhece.

Ele lembra que o slogan “Os Monarcas de Erechim” também foi uma forma de agradecer e valorizar a cidade pela acolhida que tiveram, levando seu nome a todos os cantos do país e também ao exterior. “Erechim é uma cidade acolhedora, que permite fazer amigos e que dá o suporte para você viver dignamente, mas tem que ir em busca porque não se pode esperar as coisas de mão beijada. Gildinho e eu fomos felizes porque quando chegamos em Erechim, ser reconhecido como músico profissional era muito difícil, porque até então não existia conjunto musical. Tinha cantores, vários músicos individuais, tinha bandas, mas no estilo gaúcho nenhum outro tinha se destacado. E nós abraçamos a causa”, recorda.

Para Chiquito, falar em Erechim é fácil. “O Grupo Chiquito & Bordoneio, Os Monarcas e a família Correa agradecem essa hospitalidade de Erechim e seu povo e todo o apoio recebido para chegarmos até aqui. Estou muito feliz com tudo que construí em Erechim e agora mais ainda porque fui escolhido para carregar a Tocha Olímpica, gesto que tem enorme valor e vai marcar  minha memória, minha carreira como músico e também a história da cidade. Sou grato pela oportunidade, estou vaidoso e muito orgulhoso por terem me escolhido para representar essa cidade e vou fazê-lo com muita honra”, garantiu.

Comentários

Horários de Voos

Vôo Empresa Horários Destino (s) Frequência
VCP - PFB Azul 08:45:00 Passo Fundo segunda a sábado
VCP - PFB Azul 17:40:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 23:15:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 20:35:00 Passo Fundo sábados
PFB - VCP Azul 06:00:00 Campinas - SP todos os dias
PFB - VCP Azul 10:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos domingos
PFB - VCP Azul 19:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos sábados
FLN - PFB Azul 16:15:00 Passo Fundo Segundas, sextas e domingos
PFB - FLN Azul 18:20:00 Florianópolis Segundas, sextas e domingos

Matriz

Curta o Diário

(54)3316-4800Passo Fundo

(54)3329-9666Carazinho

  • Passo Fundo: (54) 9905-7864

    Carazinho: (54) 9959-5027