Geral

Proposta da Havan está fora de cogitação, afirma sindicato

Autor: Vinicius Coimbra

Uma negociação exclusiva e que atenda o pedido da rede catarinense também está descartada. Posição foi decidia em votação com a categoria

O Sindicato dos Comerciários de Passo Fundo realizou uma assembleia com a categoria na noite de quinta-feira (19). Na pauta, foi colocado em votação a campanha salarial e o calendário de abertura no município. Foi decidido, por unanimidade, pelos 183 presentes, que serão mantidos os sete feriados – mais um dia de folga durante o feriadão de Carnaval - em que a categoria não pode trabalhar em Passo Fundo. A questão salarial foi discutida, mas não ficou decidido o reajuste que será pedido pela categoria.

Com isso, um eventual acordo separado com a Havan está fora de cogitação, afirma o presidente do sindicato, Tarciel Silva. “Os comerciários votaram que não tem acordo. Nós não vamos ceder nenhum feriado [além dos já acertados]. Aqui em Passo Fundo, as regras continuam as mesmas”, disse. Ele ressalta que a empesa catarinense é bem-vinda, mas diz que a regra é geral e que não haverá acordo especial com ela, o que é possível em lei. “Não temos nada contra empresa A, B ou C. A única coisa que queremos é que se respeite o calendário de Passo Fundo”, assegurou.

Negociação de feriados

Inicialmente, para se instalar no município, a Havan exigiu que a loja fechasse em apenas três dias durante o ano: 1° de Janeiro, Natal e 1° de Maio [Dia do Trabalhador]. Em uma segunda reunião, a empresa ofereceu não abrir no Feriado de Páscoa. O presidente do sindicato disse também que a categoria não abrirá mão do que já foi votado, mesmo com uma proposta financeiramente melhor. “Não tem acordo nem que eles ofereçam salário de R$ 20 mil. Não é problema de valor, é problema do trabalho”, pontua Tarciel, que responde às críticas ao posicionamento do sindicato no assunto. “A culpa do desemprego não é dos comerciários: é culpa de governos, do empresário, que cada vez está ficando mais rico e, com a crise, eles querem que trabalhamos mais para pagar a conta que não fizemos”, disse. “É só chegar e perguntar para o comerciário se ele é a favor ou contra abrir em mais domingos e feriados. Categoricamente, o pessoal é contra.”

O que diz a Havan

A reportagem entrou em contato com o advogado José Mello de Freitas, contratado pela Havan para mediar a negociação com o sindicato. "A assembleia deles decidiu sobre a convenção geral. Nós estamos realizando uma negociação que eles ainda não deram por encerrada. Ninguém me comunicou até agora que a negociação com a Havan está encerrada", disse.

O advogado afirmou também que espera um contato com o sindicato no começo da próxima semana e que a negociação continua.

*Notícia atualizada às 15h40

Comentários

Horários de Voos

Vôo Empresa Horários Destino (s) Frequência
VCP - PFB Azul 08:45:00 Passo Fundo segunda a sábado
VCP - PFB Azul 17:40:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 23:15:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 20:35:00 Passo Fundo sábados
PFB - VCP Azul 06:00:00 Campinas - SP todos os dias
PFB - VCP Azul 10:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos domingos
PFB - VCP Azul 19:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos sábados
FLN - PFB Azul 16:15:00 Passo Fundo Segundas, sextas e domingos
PFB - FLN Azul 18:20:00 Florianópolis Segundas, sextas e domingos

Matriz

Curta o Diário

(54)3316-4800Passo Fundo

(54)3329-9666Carazinho

  • Passo Fundo: (54) 9905-7864

    Carazinho: (54) 9959-5027