Agro Diário

Destaque nacional, agropecuária empregou pouco na região

Autor: Matheus Moraes
Destaque nacional, agropecuária empregou pouco na região
Foto: Arquivo / DM

Setor impulsionou a geração de empregos formais em maio no Brasil, mas dados divulgados pelo Caged não empolgam em Passo Fundo e região

O setor agropecuário impulsionou a geração de empregos formais no mês de maio no Brasil, de acordo com dados divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do governo federal, nessa semana. Do saldo positivo de 33,6 mil postos novos de emprego, o ramo foi responsável pela criação de 29,3 mil vagas. O setor, inclusive, superou os setores de serviços, construção civil, serviços industriais de interesse público, administração pública e atividade extrativa mineral. Em contrapartida, comércio e a indústria de transformação obtiveram saldo negativo.

Em Passo Fundo, no entanto, a realidade é diferente, assim como o Rio Grande do Sul nos números de contratações do setor agropecuário. No município, de janeiro a maio, foram 20 contratações. De acordo com o coordenador da Agência FGTAS/Sine, Sérgio Ferrari, o baixo número em cinco meses não surpreende. Segundo ele, o ramo não tem por tradição ser um dos maiores na geração de emprego. “Não somos dependentes da questão agrícola na geração de emprego, até pelo alto valor do produto agropecuário. Aqui não somos tão forte, na delimitação de área de Passo Fundo, mas o quadro pode se alterar em 30, 40 quilômetros de distância”, afirma.

No entanto, em razão da safra da soja, nos últimos meses, houve contratações temporárias que movimentaram o ramo em Passo Fundo e cidades mais distantes. “Em Vacaria, com a colheita da Maça, houve muita contratação por isso. No nosso caso, foi a soja. Algumas empresas fazem contratação por 90 dias em época de safra. Passa por toda a análise para ver se precisa pagar royalties ou não, entre outras questões”, declara o coordenador.

O coordenador relata que, por meio da divisão das áreas rurais de Passo Fundo, em 1992, a cidade acabou perdendo em capacidade de área, o que também culmina na expansão das vagas para outros municípios. “Quando se teve a divisão, Passo Fundo ficou com uma área pequena. Nós perdemos área para outras cidades que chegaram. Era uma área grande, que tinha uma grande quilometragem no interior”, completa Ferrari. Segundo o Caged, os números de municípios vizinhos de Passo Fundo, por sua vez, estão com saldo negativo neste ano: em Pontão e Mato Castelhano, o saldo é de duas vagas negativas, enquanto Coxilha registra menos 58 postos de emprego no setor agropecuário. Em Sertão, o saldo é de 0.

Vagas do RS no negativo

No Estado, o número chega a ser negativo: são 10,7 mil vagas a menos de trabalho no ramo. O Rio Grande do Sul é destaque negativo junto de Santa Catarina, com 4,5 mil vagas negativas, Rio de Janeiro, com 3,14 mil negativo e Paraíba, com 703 postos de emprego negativos. O maior saldo de geração de empregos positivo em maio foi em Minas Gerais, com 19,8 mil vagas criadas, seguido de São Paulo (9,2 mil), Bahia (5,9 mil) Espírito Santo (5 mil) e Maranhão (2 mil).

Em números gerais

No acumulado do ano, o setor de serviços foi o que mais gerou empregos formais (272,7 mil) no Brasil. Já o comércio foi marcado entre janeiro e maio por um saldo negativo de 76 mil vagas.

Caged em Passo Fundo

Após cinco meses, a cidade fecha com 146 vagas positivas no índice. Confira o saldo do município no Caged em cada setor de janeiro a maio deste ano:

Extrativa mineral: -1 vaga
Indústria de transformação: -1 vaga
Serviços Industriais de Utilidade Pública: -6 vaga
Construção Civil: 94 vagas
Comércio: -298 vagas
Serviços: 338 vagas
Administração Pública: 0 vaga
Agropecuária, extração vegetal, caça e pesca: 20 vagas
Total: 146 vagas

Comentários

Horários de Voos

Vôo Empresa Horários Destino (s) Frequência
VCP - PFB Azul 08:45:00 Passo Fundo segunda a sábado
VCP - PFB Azul 17:40:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 23:15:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 20:35:00 Passo Fundo sábados
PFB - VCP Azul 06:00:00 Campinas - SP todos os dias
PFB - VCP Azul 10:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos domingos
PFB - VCP Azul 19:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos sábados
FLN - PFB Azul 16:15:00 Passo Fundo Segundas, sextas e domingos
PFB - FLN Azul 18:20:00 Florianópolis Segundas, sextas e domingos

Matriz

Curta o Diário

(54)3316-4800Passo Fundo

(54)3329-9666Carazinho

  • Passo Fundo: (54) 9905-7864

    Carazinho: (54) 9959-5027