Copa do Mundo

Seleção do coração

Autor: Isabella Westphalen
Seleção do coração
Foto: Isabella Westphalen/DM

Um senegalês e um japonês que moram em Carazinho contaram para a reportagem do DM as emoções de uma Copa do Mundo e a expectativa para o jogo deste domingo (24), em que as duas seleções se enfrentam

“Quem não gosta de Copa do Mundo?”, me questionou o senegalês Ibrahima Diona, o famoso “Makelélé”, quando lhe pergunto se está empolgado com os jogos do Mundial, enquanto ele assistia à partida entre Argentina e Croácia, pela tela do celular, na última quinta-feira (21). “Eu adoro Copa do Mundo. Gosto de acompanhar todos os jogos e neste domingo vamos nos reunir, na padaria da minha amiga Valéria, e torcer para o Senegal”, comentou o senegalês.

Sobre o jogo Japão x Senegal, Makélélé está confiante na vitória e acredita no potencial da seleção de seu país de origem. A empolgação do senegalês se dá também porque esta é a segunda Copa do Mundo da qual o país participa. “A primeira vez foi em 2002, me lembro bem. Eu fico muito feliz porque eu acho que futebol é emoção, por isso a gente torce”, afirmou Makélélé.

Ele também ressalta a importância do esporte e diz: se o Senegal cair fora, torce para o Brasil. “Brasil é minha segunda bandeira do coração, eu acho que o futebol é algo encantador”, complementou o senegalês.

Quando lhe questiono se acha que o brasileiro está desanimado com a Copa, Makelélé diz que não e que basta a Seleção Brasileira ganhar para o povo entrar mais no clima. “Acho que as pessoas ficaram assim por causa do empate do primeiro jogo, mas vai passando o tempo, vai ganhando e todo mundo se empolga. O futebol do Brasil é grande, tem potencial”, frisou o senegalês, que apesar de torcer para o Senegal, carrega a bandeira verde e amarela no coração.

E o Japão?

Carazinho também tem representante japonês, o senhor Osamu Satto. Aposentado, morando há 38 anos no município, seu Satto também é um grande admirador do futebol e afirma estar acompanhando os jogos da Copa. “Eu gosto muito de Copa, estou assistindo os jogos em casa, com a família. Vejo quase todas as partidas”, revelou o japonês de 70 anos.

Sobre o jogo de domingo, seu Satto tem os pés no chão e reconhece a qualidade do Senegal, acreditando que vai ser uma partida difícil. “Senegal é rápido, ligeiro. Eu torço para o Japão, mas acho que se acabar com empate vamos estar no lucro”, conta o aposentado, que no domingo afirma que vai assistir a partida junto com a família. “Copa é coisa bonita”, afirma seu Satto.

Conversa vai, conversa vem, seu Satto faz uma observação interessante sobre a Copa do Mundo na Rússia e diz que tudo pode acontecer, diante dos resultados que tem acontecido. “Esse ano de Copa tá meio engraçado, né? Os times favoritos estão sofrendo bastante. Alemanha perdeu, Argentina então, nem se fala, Brasil tá sofrendo um pouco também”, refletiu o japonês, que também afirma que se o Japão não avançar na competição sua torcida é para o Brasil, sem dúvidas.

“Depois do Japão, é lógico, o Brasil também é time do coração, nosso segundo país. Temos que saber dividir as coisas, saber diferenciar, mas no fim, torcer juntos” - Osamu Satto

 

 

Comentários

Horários de Voos

Vôo Empresa Horários Destino (s) Frequência
VCP - PFB Azul 08:45:00 Passo Fundo segunda a sábado
VCP - PFB Azul 17:40:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 23:15:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 20:35:00 Passo Fundo sábados
PFB - VCP Azul 06:00:00 Campinas - SP todos os dias
PFB - VCP Azul 10:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos domingos
PFB - VCP Azul 19:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos sábados
FLN - PFB Azul 16:15:00 Passo Fundo Segundas, sextas e domingos
PFB - FLN Azul 18:20:00 Florianópolis Segundas, sextas e domingos

Matriz

Curta o Diário

(54)3316-4800Passo Fundo

(54)3329-9666Carazinho

  • Passo Fundo: (54) 9905-7864

    Carazinho: (54) 9959-5027